25 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
30/05/19 às 18h40 - Atualizado em 30/05/19 às 18h40

Administração do Paranoá realiza força tarefa de combate à dengue na cidade

Administrador orientando equipe para ação

 

A mega força tarefa de combate à dengue realizada hoje (30) na cidade do Paranoá, mobilizou além de todos os funcionários da Administração Regional, outros órgãos do Distrito Federal como o DF Legal, NOCACAP, Polícia Militar e a Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde – DIVAL. Voluntários da comunidade também estavam presentes.

A intenção da ação emergencial além da limpeza da cidade e erradicação dos focos de dengue é de conscientizar a população dos males mortais trazidos pelo mosquito. “Bateu na porta uma vez e o morador não atendeu não vai embora. Precisamos ajudar a comunidade”, disse o Administrador Regional, Sérgio Costa Damaceno.

O Paranoá faz parte da Região Leste que concentra o maior número de casos de dengue. Segundo o último boletim da Secretaria de Saúde, de janeiro a 18 de maio foram registrados mais de 4 mil casos da doença.

A primeira ação do dia foi checar e retirar os focos de uma casa fechada a mais de 8 anos na quadra 21. Com ajuda de chaveiros voluntários correntes e cadeados foram retirados para a entrada da equipe. O local abandonado estava repleto de sujeira e água parada nos vasos dos banheiros e principalmente nas caixas d’água onde muitos mosquitos foram encontrados. A limpeza da residência foi feita pela equipe que estava no local. Também foi feita a limpeza de outras casas abandonadas.

Durante todo o dia equipes continuaram visitando as casas na intenção de identificar possíveis focos da doença e disciplinando os moradores para que estes deixem de ser acumuladores.

A Administração do Paranoá lembra que a limpeza na cidade tem sido reforçada. Caminhões e tratores fazem a retirada de lixo e entulho dos locais irregulares toda semana, mas informa que, é preciso a ajuda da comunidade para manter a cidade limpa.

A Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde – DIVAL informou que ainda essa semana será feito o serviço de Neutralização de Baixo Volume (UBV) na cidade e que o fumacê também será feito visto que, a situação do Paranoá já é considerada uma epidemia.

 

Fotos:

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros